ch%C3%A1demurta_edited.jpg

Chá de Murta: campo y poesia de Juliana Flor

O livro Chá de Murta conta, a partir de poesias escritas em português e portunhol, o cotidiano perto da natureza e o trânsito entre campo e cidade, bem como os sentimentos de nostalgia, alegria, amor e afeto que esses entre lugares proporcionam, com especial atenção para os causos da abuela, personagem fundamental para a conscrução lírica, antropológica e sentimental de alguns desses “madeirames” em forma de escrita. Além disso, a temática do existencial e do sensível aparecem presentes, bem como os lugares e os sentidos, as imagens, as sensações. É um livro pampeano, mas também citadino, é lagunero, mas também campesino.

Juliana Flor

Nasci numa fria madrugada de agosto, nas picadas de Jaguarão, na extremadura sul deste país, que possui toda magia e mistérios.

Sou poeta por teimosia, curiosidade e imaginação e sou antropóloga em formação pelos mesmos motivos, também me aventuro na fotografia amadora.

Mas, sobretudo, sou uma vivente a passo pelo mundo!

Título: Chá de Murta: campo y poesia

Autoria: Juliana Flor

Ano de publicação: 2020

ISBN: 978-65-80953-09-7

Número de páginas: 64

Costura artesanal: correntinha

Gênero literário: poesia

Formato: estreito 10,4 x 29,7

Papel: Pólen 90 g